[Resenha] O Último Adeus

06 agosto 2017

O último adeus
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 224
Onde comprá-lo: Amazon

Sinopse: River Kipling, mais conhecido como Capitão, está em Rosemary Beach para montar um restaurante de luxo para seu patrão. Dono de um passado sórdido e de um presente misterioso, ele não vê a hora de concluir o trabalho e ir embora da cidade para realizar seu sonho: abrir um negócio próprio à beira-mar num lugar onde ninguém tenha ouvido falar dele. Mas, quando Capitão conhece Rose Henderson, sua ânsia de partir de repente fica em segundo plano. Há algo na risada dela que é familiar demais, e o modo como ela olha para ele o faz lembrar de alguém importante que perdeu há muito tempo. No entanto, a única coisa que Rose revela é que é uma mãe solteira que trabalha duro para sustentar a filha. Enquanto tenta desvendar os segredos da linda ruiva de óculos engraçadinhos e curvas estonteantes e entender por que ela mexe tanto com seus sentimentos, Capitão precisa fugir da marcação cerrada de Elle, a ex-namorada que não mede esforços para afastá-lo de Rose. Ao mesmo tempo, tem que encarar os fantasmas de seu passado para se tornar um homem melhor e construir um futuro do qual possa se orgulhar. Nesta sequência da série Rosemary Beach, Abbi Glines mais uma vez escreve uma narrativa ardente e emocionante. Com personagens verossímeis e heróis imperfeitos, O último adeus fala sobre o inesgotável poder de transformação do amor.






E finalmente a série mais gigantesca da Abbi Glines está chegando ao fim. Só mais um e acabamos de conhecer todo o ambiente de Rosemary Beach. Não sei se estou totalmente preparada para isso, mas como tive algumas frustrações durante a leitura dos últimos volumes, talvez seja melhor mesmo que ela se encerre... E rápido, rs. 

Em O último adeus conhecemos a história do irmão de Blaire, River Kipling, mais conhecido como Capitão. Conhecíamos pouco dele até então, pois ele havia aparecido logo no início da série, e nos últimos livros com um pouco mais de regularidade. Ele está de volta à Rosemary Beach para montar um restaurante para um cliente, mas antes de ser um homem de negócios no ramo das construções e agenciamentos desses locais, ele era um assassino profissional. O problema é que nós não sabemos o porque ele se tornara uma pessoa assim. E é justamente neste livro que descobrimos como tudo aconteceu. 

Paralelamente, uma jovem linda e ruiva, chamada Rose Henderson, é contratada por ele na ajuda da montagem do restaurante. Algo nela faz com que ele se lembre de uma história que não gostaria de relembrar. Uma mulher que ele amara com vigor havia partido seu coração. Não de propósito, é claro. Mas como ela estava 'morta', isso era inevitável. Como ele pudera deixar isso acontecer?

Justamente por ter tantas lembranças ao olhar para Rose, ele tenta mantê-la afastada, pensando inclusive em mandá-la embora. Mas como fazer isso ao descobrir que a jovem tem uma filha e que cuida dela sozinha? Seria humanamente impossível. Então Capitão tenta o contrário: saber mais sobre a incrível estranha. 

O que ele descobre é que os dois estão mais ligados do que ele poderia imaginar.




Acho que de todos, este foi um dos livros que mais tocou fundo minha alma, principalmente por tudo que Capitão passara até chegar ao mundo dos crimes. Saber que muitos podem estar na mesma situação que ele é de cortar o coração. E sim, eu me emociono mais com a história dos mocinhos do que das menininhas (porque é isso o que a maioria é, incrivelmente mimadas e birrentas, rs). Então já sabem que encontrei em Rose uma tremenda mulherzinha, hahaha. Já Capitão... Aiai, que homem. Tá páreo duro entre ele, Rush e Grant. O negócio é difícil e eu não consigo escolher um só não (posso ficar com todos? Diz que sim pfv!). 

Saber que estamos chegando ao final da série me dá também uma baita sensação de alívio e felicidade, pois completei mais uma coleção que, mesmo não conseguindo me afeiçoar a todos os livros publicados nela, acabei gostando bastante. 

A capa é lindíssima, mas nunca consigo imaginar o protagonista como o mocinho ou mocinha que aparecem nela, incrível. Ou eu fico brizando muito, ou não consigo guardar na cabeça as características físicas que são mostradas durante a construção do enredo. A fonte é de tamanho ótimo para a leitura e a diagramação interna é bem simples.

Para quem adora uma história com um pano de fundo bem hot, além de uma leitura rápida, esta é uma ótima pedida. 


15 comentários

  1. Olá !!
    Li os seis primeiros livros dessa série mas confesso que acabei enjoando e parando a leitura.
    As tramas dos livros são maravilhosas e envolventes, adoro a escrita da Abbi.
    Quem sabe um dia eu retorne a leitura e leia O Último Adeus que parece ser bem viciante..


    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dessa história e olha que fazia tempos que um casal dessa série não fazia meu coração bater forte e ficar torcendo tanto assim. Algumas das garotas me davam era nojo. Ahh muito mimimi. Sei lá, adoro a série e adoro muitos dos livros, mas tem uns personagens que não conseguiram me ganhar.
    O Capitão me surpreendeu pela história dele. Esse passado dos dois foi bem legal também e gostei dos personagens, de tudo que passaram e como foram feitos. Até a garota ganhou minha simpatia xD
    É um páreo duro mesmo saber de quem a gente gosta mais nessa série né? Cap entrou para os meus favoritos também.
    No mais pra quem já gosta da escrita da autora e da série vai ter um livro bem bom de acompanhar. Vale a pena.

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Nunca tive muito interesse em ler essa série, apesar de ter certeza de que a leitura é bem envolvente. Estou fugindo de séries grandes, pois tenho uma lista imensa de livros, a minha espera.
    Mas para quem acompanha a série, o livro é uma super dica, não é mesmo?
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oiii tudo bem?
    Que demais essa resenha menina, eu não sou muito chegada nesse tipo de ode Abbi, gostei muito de saber a sua opinião e sei que seria uma ótima pedida pra quem gosta desses gêneros. A capa está tão bonita.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Que bom que tenha gostado da história. Eu nunca li nada dessa autora, mas vc alguma vez já sentiu antipatia tipo assim do nada? Toda vez que leio uma resenha daquela série Paixão sem Limites , me sinto assim. (doida)rs
    Ah e hot tbm me incomoda.
    Mas sua resenha está instigante para quem gosta do gênero!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler algo dessa escritora, acho que o casal vai me conquistar de primeira <3

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já ouvi fala tanta dessa serie que me desperta um desejo enorme de conhecer-la, não li nenhuma resenha dos livros anteriores mas agora irei procurar para ler e com certeza vou querer conhecer essa serie maravilhosa. O livro é super fofo, também gosto de ler livros com pensamentos do personagem masculino porque as vezes conhecemos um pouco mas dele e sua tragica historia, nem sempre as mocinhas tem um passado ruim mas os masculino também tem, e isso e muito bom conhecer.

    ResponderExcluir
  8. Heeeey!

    Comprei os primeiros livros da série e ainda não comecei a leitura rs .. (já faz dois anos) tenho uma conhecida que devorou.
    Nossa ela superou a Júlia Quinn, a série é mega extensa, nunca vi uma série tão grande rs ..
    Fico feliz em saber que a série te agradou, sua opinião me deixou com ainda mais vontade de ler.

    Beijos e até a próxima.

    ResponderExcluir
  9. Oi Pamela, realmente a história do Capitão mexe com o leitor. Não sei você, mas acho que a série cresceu muito em qualidade dos enredos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Abby dispensa comentários ne?
    Amo a escrita e a cada livro ela traz boas histórias sobre os personagens sem esquecer dos principais.
    O livro do Capitão esbanja emoção e faz a gente devorar as páginas.
    Adorei sua resenha!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Essa é uma autora que ainda não li nada, e ainda não tinha a minima vontade de conhecer, até minha mãe dizer "lê a série dela, é legal".
    Depois da recomendação mais que especial da mamãe essa é a primeira resenha que leio de livros dela, e até fiquei curiosa com a premissa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! Eu ainda não tive coragem de começar essa série pela quantidade de livros, mas os elogios para a autora são muitos! Acredito que quando eu ler, irei viciar demais!

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    eu li alguns livros da série, mas parei, porque não estava mais interessada. E estava lendo poucos romances. Mas confesso que ainda quero ler o livro da Nan. Haha. Porque tenho curiosidade de saber mais da personagem mais odiada de todos os tempos. Gostei muito da sua resenha. Desejo boas leituras. Até mais.

    ResponderExcluir
  14. Oi! Agora que estou começando a ler mais livros da literatura hot e já gostei da premissa. Por ser uma série desanimei um pouco, porque tenho várias já começadas na minha lista rsrs Mas assim que possível tentarei dar uma chance as obras da autora, porque me deixou bem instigada com esse mistério por trás do Capitão e sua afeição pela moça ruiva :)

    ResponderExcluir
  15. Não consigo me fascinar pelas histórias da Abbis. Ainda mais com uma série tão grande assim. Mas algo que você me falou me deixou curiosa: essa pegada mais hot. Pelas resenhas que li dos outros livros, não me pareceu tão apimentados como este.

    Beijos

    ResponderExcluir